Sábado, 31 de Dezembro de 2005

Migalhas: A última "migalha" deste ano


Ingres  Édipo e a Esfinge


Último dia do Ano.


E a última migalha deste banquete de graça.


Foi o Verbo repartido aos pequeninos.


E todos nós pudemos saciar-nos da sua plenitude graciosa.







Foram 365 bocadinhos do pão da Verdade e da Vida.








  • Uns mais saborosos que outros.
  • Alguns quentinhos com o calor da fornalha ardente que é o coração de Cristo.
  • Outros muito doces como o amor dos nossos pais, Deus e Maria-Mãe, querida.
  • Outros mais ásperos ou picantes como os espinhos da coroa de Cristo ou o fel que lhe démos a beber na Cruz.

Mas todas estas Migalhas foram peneiradas e cozidas, para serem servidas em repartição de amor.



E souberam tão bem, que muitos daqueles, que, ao longo do ano, as foram saboreando, acharam-nas tão gostosas que vieram pedir, de muito longe ou aqui de perto, que as continuasse a repartir.


É possível até que muita gente que não expressou o seu gosto, esteja esperando que a mesa não se levante.







É possível.







Com a ajuda de Deus.


Tudo é possivel.


Obrigado pela vossa aceitação.

publicado por DSousa às 09:14
linque da entrada | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2005

Migalhas: A Saudade

 


Van Dyck  Cupido e Psique


 Há um sentimento maravilhoso que enche o nosso coração e a nossa  vida. 



É a saudade. 


É realmente o acerbo espinho.


Porque é a dolorosa presença do amor ausente.


Pois bem, o remorso é a autêntica saudade de Deus.


 E quando ela punge, ou provoca a contrição



  • que redime,
  • renova
  • e purifica a vida.


Mas assim como há corações duros que até ridicularizam o nobre sentimento da saudade, assim há impenitentes endurecidos que não reconhecem o mal, nem sentem a presença do amor ausente...



  • Ausentaram-se...
  • desviaram-se
  • sem norte...




 


Entendem os Mestres da vida espiritual que o pior tormento na eternidade infeliz será, exactamente, a ânsia de querer Deus, mas não o conseguir gozar porque  se o renegou durante a existência neste mundo.







 Será o desespero sem limite.





 


Que Deus nos livre de tal desgraça!

publicado por DSousa às 21:02
linque da entrada | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 27 de Dezembro de 2005

Migalhas: A matança dos inocentes



Ainda ecoa pelo mundo o grito horrorizado dos Inocentes e suas mães, trucidados pelo furor odiento dum sanguinário Herodes.






São os primeiros mártires inocentes a renascer para o céu, em nome de Jesus Cristo.





 


A Igreja ao celebrar a morte destas crianças quer chamar-nos a atenção para os milhões de crianças que nascem e morrem sem direito à vida porque os adultos sem coração as imolam  no prazer maldito e na desgraça desumana



  • dos abortos,

  • das fomes,

  • das guerras,

  • dos terrorismos,

  • trabalhos forçados,

  • espancamentos e abandonos,

  • desprezos

  • e tantas outras misérias e desgraças.

Lembremos o que nos diz o Concílio Vaticano II:



Deus, Senhor da Vida, confiou aos homens a nobre missão de protegê-la; missão que deve ser cumprida de modo digno do homem.


Por isso, a vida desde a concepção deve ser preparada com o máximo cuidado.


 O aborto e o infanticídio são abomináveis.

publicado por DSousa às 23:52
linque da entrada | comentar | favorito
|
Domingo, 25 de Dezembro de 2005

Boa Nova:Urgência

http   www champagnat org images mundomarymaria natal images Bot 25-12-2005 17 12 58.jpg






Chegou a hora de despertarmos do sono.


A salvação está agora mais perto do que na altura em que abraçámos a fé.


Rom. XIII, 11







O amor não pode ser imposto,


mas é necessário estimulá-lo no coração humano.


Porque onde há coacção não há liberdade,


e onde não há liberdade não há justiça.


Guilherme, abade de S. Thierry 









  • Não vale a pena mais dormir quando amanhece a plenitude do dia da salvação.
  • Importa o descanso.
  • Mas quando é urgente despertar para a Vida plena,
  • Até o descanso deixa de ser urgente.

Coelho de Sousa 

publicado por DSousa às 12:30
linque da entrada | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Boa Nova: O sublime

http   www champagnat org images mundomarymaria natal images Lip 25-12-2005 17 09 51.jpg





A altivez dos homens será abatida


e a soberba dos mortais será humilhada.


Só o Senhor será exaltado na plenitude dos tempos.


 Is. II, 11






Prometeu aos homens a divindade,


aos mortos a imortalidade,


 aos pecadores a justificação


aos humilhados a glorificação.


Sto. Agostinho








  • A soberba nunca beneficiou ninguém por mais que queira parecer razoável.

  • Só a humildade é capaz de atrair multidões

  • e subir aos píncaros do sublime

  • por mais paradoxal que possa parecer.

Coelho de Sousa






 

publicado por DSousa às 12:21
linque da entrada | comentar | favorito
|

Boa Nova: Sinceridade

http   www champagnat org images mundomarymaria natal images Bot 25-12-2005 17 12 58.jpg





Se não houver caridade na alma,


a vida é bronze que mal soa.


 A caridade é benigna e compreensiva.


Cor. XIII 






Se penso no que vou dizer,


já está a palavra presente em meu coração,


mas se pretendo falar contigo,


procuro o modo de fazer chegar ao teu coração o que já está no meu.


St. Agostinho








    • A sinceridade é uma virtude, soma de muitas outras, cada vez mais necessária ao são convívio das pessoas.

    • Tal pena haver tanta falsidade enegrecendo o diálogo.

                   Coelho de Sousa 

publicado por DSousa às 12:14
linque da entrada | comentar | favorito
|

Boa Nova: A Palavra

http   www champagnat org images mundomarymaria natal images Lip 25-12-2005 17 09 51.jpg





O que os nossos olhos viram


O que as nossas mãos tocaram da Palavra de vida,


 É isso que nós anunciamos.


Jo. 1, 14






Cristo é desde o princípio a Palavra eterna.


Sem a Palavra, que vem a ser a voz?


Só ruído.


A voz sem Palavra entra nos ouvidos, mas não chega ao coração.


St°. Agostinho








  • Há em todo o convívio humano, cada vez maior o perigo da poluição sonora.

  • São os turbilhões de palavras vazias da Palavra de Deus.

  • Por isso há tanto discurso inútil.

Coelho de Sousa






publicado por DSousa às 12:05
linque da entrada | comentar | favorito
|

.

.

.Pesquisar neste blogue

 

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.Últimas Entradas

. Seis horas antes

. SOBRE A BREVIDADE DA VID...

. Horas antes

. Da cor do gira-sol

. ...

. Logo

. Como a luz...

. Alamo Oliveira: Coelho de...

. O testemunho de Álamo Oli...

. Sacerdote

.Arquivos

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.Tags

. todas as tags

.99counter

<
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds