Domingo, 30 de Março de 2008

Dionisio Sousa:Uma breve nota explicativa

Coelho de Sousa, embora mantendo nos seus originais uma matriz de arquivo e ordenação mais ou menos sistemática, muitas vezes intercalava, ao lado dos temas que estava desenvolvendo, outros temas  que a inspiração ou as circunstâncias lhe ditavam.
Foi o caso das últimas três entradas que inclui no "Romance das mães que choram".
O leitor atento terá notado que Coelho de Sousa havia deslizado do tema das mães que choram para o das mães que fazem chorar.
Estas três paginas de texto acrescentou-as Coelho de Sousa ao tema das mães que choram.
Provavelmente, como início de uma outra temática que não chegou a desenvolver totalmente.
Eu próprio é que tomei a iniciativa de incluir estas páginas naquele local, pese embora alguma contradição que, conscientemente, assumi.
Estas derivações são bastante frequentes em Coelho de Sousa e traduzem-se de formas várias.
De umas vezes, em pequenos textos como o seguinte:




Outras vezes, em textos mais longos  e mais trabalhados, como os textos que serão publicados  nas próximas duas entradas.
publicado por DSousa às 00:52
linque da entrada | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Março de 2008

Coelho de Sousa: Romance das mães que choram (XVII e último)





Romance das mães que choram (XVII)








O pão de esmola está comendo,
E dorme o sono breve dos proscritos
E tantos o odeiam sem razão...

O seu passado, o seu presente, chora
E do futuro ainda mais os fitos

Ninguém pode calar o coração.






Bom ouvinte, já contei
Romance das mães que choram.
Para honrar todas as mães
Que choraram nesta vida...

A vida que é para ti
Feita de prantos e dores
Mas que um dia já sem pranto
Há-de ser eterno gozo.


publicado por DSousa às 00:14
linque da entrada | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Coelho de Sousa: Romance das mães que choram (XVI)





Romance das mães que choram (XVI)



Na mesa do comer está vazio
O prato e o lugar que ele deixou
Com lágrimas nos olhos, sem amparo...

Um coração de mãe, assim quem viu?
Até o pai também o expulsou
Fazendo o mesmo os irmãos!

Que caso raro!

Ainda se ele fora outro pródigo
Ingrato ou perjuro ou malfeitor,
Um revoltado ateu, talvez perdido,
Merecia pesado  o seu castigo

Mas não, pois tinha na alma igual amor
A quanto deles tinha perdido.

publicado por DSousa às 00:04
linque da entrada | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Coelho de Sousa: Romance das mães que choram (XV)





Romance das mães que choram (XV)



Vieram-me dizer que certa mãe
Que tem o coração empedernido
Deitou fora de casa um filho seu.

Não quero mais saber que sejas meu,
A rua é teu abrigo apetecido.
E companhia a sombra de ninguém.

Vai-te embora depressa, mais gritava
E a sua voz de mãe desnaturada
Apostrofando pragas, parecia
O rugir duma fera solta e brava
Que no seu furor não respeita nada
Tudo ferindo com mortal perfídia...





publicado por DSousa às 00:35
linque da entrada | comentar | favorito
|
Sábado, 22 de Março de 2008

Coelho de Sousa: Romance das mães que choram (XIV)





Romance das mães que choram (XIV)







E voltou o seu  menino.

E chorou no seu encontro.
Foram de pranto os seus beijos.
E molhado o seu abraço.

E como a vida não pára
O menino não parou.

Meses depois, era noivo
A casar-se na Igreja.

E a mãe não se conteve
Chorou de novo outra vez.
À despedida. Ao adeus.

E chora ainda que eu sei
quando diz a toda a gente
Sou feliz, ele é feliz
Mas a vida é mesmo assim..

Este mundo é vale de lágrimas
E quem mais chora é a mãe.

publicado por DSousa às 00:23
linque da entrada | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Coelho de Sousa: Romance das mães que choram (XIII)





Romance das mães que choram (XIII)




Mas, um dia, ai que delírio!
Veio a notícia almejada:
Minha mãe vou regressar
Que a guerra já se acabou.

Nunca mais hás-de chorar...

Mas, afinal, vejam lá,
Rindo e chorando ficou
aquela mãe do menino!

Que a alegria também chora.

Ela chora de contente.

O menino ia voltar





publicado por DSousa às 00:18
linque da entrada | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Março de 2008

Coelho de Sousa: Romance das mães que choram (XII)





Romance das mães que choram (XII)



Mas a mãe não se calou.

Chora ainda saudosa...

E pensa em tanto perigo:
Uma bala traiçoeira...
Um abismo, o frio, a chuva
O calor, a febre, a fome...

Inda se eu lá estivera...
Mas sózinho! Ai o meu filho!

E chorava saudosa!
Que parecia em verdade,
Tal e qual nossa senhora
Quando seu filho mataram.














publicado por DSousa às 00:50
linque da entrada | comentar | favorito
|

.

.

.Pesquisar neste blogue

 

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.Últimas Entradas

. Seis horas antes

. SOBRE A BREVIDADE DA VID...

. Horas antes

. Da cor do gira-sol

. ...

. Logo

. Como a luz...

. Alamo Oliveira: Coelho de...

. O testemunho de Álamo Oli...

. Sacerdote

.Arquivos

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.Tags

. todas as tags

.99counter

<
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds