Sábado, 29 de Novembro de 2008

Coelho de Sousa: Salmo das Ilhas(I)

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

  

 

 

Nós somos da distância do mar alto

E noivas do azul que os céus nos dão

quase a dezena feita em sobressalto
Mas convidados todos ao teu pão...

 

 

 

E vimos de longada - mar e terra!
A ajoelhar rendidas neste dia.
Acção de forças que um rezar encerra
Também és Padre Nosso. Avé Maria!

 

 

Não somos pequeninos com querem.
(Que as almas não se medem palmo a palmo)
Palavras são pequenas mas
proferem
Amor e gratidão de eterno salmo.

Louvado seja Deus que à Igreja deu
Herói de mil batalhas e vitórias
Não haja boca ou alma, só de ilhéu
Caladas ao pregão das tuas glórias

Tags:
publicado por DSousa às 00:23
linque da entrada | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

Coelho de Sousa: Saudação(III)

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

 


 

 

 

 

 

Núncio de Cristo, aqui, o Seminário.
A alma desta casa vos venera

Nós somos Primavera
De operário
Marcado à grande messe
No verão de Deus.

Sem coração não há vida
Sem vida não há amor

Numa frase repetida:
Aqui nos tendes, Senhor
Somos de Deus e só vossos
Pois que da Igeja nós somos

 

 

 

publicado por DSousa às 14:42
linque da entrada | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Coelho de Sousa : Saudação (II)

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

 


 

 

 

Oh! Deus que não se apague a chama
Que nos vai sumindo
Em teu calor...
 

Assim a nossa virtude
E juventude
Em teu divino amor
Serão o teu reinado

Bendita a hora em que chegou
junto de nós o teu legado.

Verá o que nós somos e queremos ser
A Igeja viva no altar
A dar o ser e a amar
Quem nos chamou.

publicado por DSousa às 00:40
linque da entrada | comentar | favorito
|
Domingo, 23 de Novembro de 2008

Coelho de Sousa : Saudação (I)

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

 

 

Senhor, aqui presente o Seminário

 

A alma desta casa vos venera.

 

Nós somos primavera
do operário
Marcado à grande messe
No verão de Deus.

 

Benvindo sejais Senhor.

Benvindo até nós

E aos céus
bem-ida a nossa prece
Por vós

O Núncio do Cristo-vivo

 

Não há distâncias no amor
E um grande coração não é cativo...
De cada açoriano é coração

Por cada coração que vos aclama
Eterna saudação:

Benvindo sejais, senhor!

Benvindo!

publicado por DSousa às 00:53
linque da entrada | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Coelho de Sousa: Ilha do mar

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

 

 

A Ilha do mar

 

Julguei-me criador predestinado
E levantei no mar dos meus desertos
Uma ilha.

 

Era de bruma
Nem fontes nem ribeiros

Nem espinheiros
Abertos...

 

Melhor: coisa nenhuma

 

 

Só tinha num penedo
alcandorada,
Como um segredo,
Uma saudade antiga.


Ilha de areia o mar depressa a come
E o Criador da Ilha
 Ébem que o diga
morre de fome

 

 

Mas vai de novo erguer
Mais outra ilha
Pois ele é rei e quer
Reinar
Na sua ilha do mar

 

 

S. Rafael 22-III-56

 

 

 

 

Tags:
publicado por DSousa às 00:50
linque da entrada | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Novembro de 2008

Coelho de Sousa : Herança

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

 

Herança

 

 

Caem folhas uma a uma.
E não sei quantas cairam.
Só sei que todas fugiram,
Porque não ficou nenhuma!

 

 

São assim os nossos dias
Que o tempo leva na vida

E com eles de fugida

As tristezas e alegrias

 

 

 

Se das folhas não ficou
Nenhum  rasto que se visse,
Quem dera se não sentisse

O que o tempo em nós deixou!

 

13-IV- 956

Tags:
publicado por DSousa às 00:18
linque da entrada | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Coelho de Sousa: Minha ilha

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

 


 

 

 

 

Rocha de bruma esparsa ao meu sonho
Ou ilha de sereia no meu mar;

Quem há que te conheça e não te queira?
Que a tua cinza oculta uma braseira

 

Onde eu me aqueço íntimo e feliz
E a tua boca acerta quanto diz!

 

 

 

Não sei se te conhecem, minha ilha,

Quantos na vida passaram na flotilha

 

 

Dos anseios de viver e de ilusões...
Não sei o que dirão as multidões

 

De nuvens e de gente e de sonho e pó

Mas sei que bem estou contigo só.

 

 

Que seja a minha casa nesta rocha
Por onde passa bruma e desabrocha
 

Um cardo ressequido e muito triste

Que o fogo sob a cinza ainda existe

 

 

E o sol é meu amigo, há-de voltar
Voltou! É branca a ilha sobre o mar

 

s. Rafael 16-IV-956

 

Tags:
publicado por DSousa às 00:57
linque da entrada | comentar | favorito
|

.

.

.Pesquisar neste blogue

 

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.Últimas Entradas

. Seis horas antes

. SOBRE A BREVIDADE DA VID...

. Horas antes

. Da cor do gira-sol

. ...

. Logo

. Como a luz...

. Alamo Oliveira: Coelho de...

. O testemunho de Álamo Oli...

. Sacerdote

.Arquivos

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.Tags

. todas as tags

.99counter

<
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds