Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa: Dois Poemas num Adeus (III)

DSousa, 04.03.07


Dois Poemas num adeus



Adeus







Como nos gelos do norte
O sono traidor da morte
Engana o desfalecido
que imagina adormecer,
Assim, cansado, esvaído
de tão longo padecer,
Já não há no coração
da mãe, força de sentir;
Não tem já lume a razão
Senão só para a iludir.







Acorda, oh! mãe desgraçada,
Que é tempo de despertar!
Anda ver a essa arrumada,
As luzes que ardem no altar.
Ouves? É a mansa toada
Dos padres a  salmear!...