Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa: Dois Poemas num Adeus (IX)

DSousa, 16.03.07

Dois Poemas num Adeus




Adeus









Quando a filha chega a casa
E a mãe vai por beijá-la...
Diz a filha, a cara em brasa,
mastigando cada fala:








Minha mãe, é hoje o dia
Do Manuel me vir pedir...





E a mãe chora a repetir,
Dizes-me adeus, oh! Maria...
Foi assim o que eu já fiz...
Pois adeus... e sê feliz...



E o adeus do casamento,
Não tardou... Foi um momento!


Adeus!  Adeus!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.