Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa: E não podia calar-se (IX e último)

DSousa, 23.05.07

 

 

E não podia calar-se


          (IX)

Ouvinte açoriano, é hoje o dia
Que a Igreja lembra o drama desta vida...
Que estalem os foguetes da alegria...
Mas viva toda a gente a Vida... A Vida!

 

 

 

 

A vida que há-de ser verdadeira,
A vida que ninguém termina aqui...
Escuta inda outra vez: Voz da Terceira,
Por  Deus, a vida! A vida é para ti!

(23-VI-954)

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.