Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa : Ante o Presépio (II)

DSousa, 18.01.08


(II)



Os homens falam de guerra
Falam de crimes e morte...
Fez-se o ódio o pão da terra
Não há mal que não lhe aporte.

Enchem-se os mares de pranto
Cobrem-se os montes de fogo
Cerram-se as valas enquanto
Vidas mortas tombam logo

Nem há vila nem cidade
Nem há homem nem mulher
Que se escape à mortandade
Que os vitima onde quer.

Cai o rico e vai-se o pobre,
O general ou soldado.
Toca ao plebeu e a nobre
Seja quem for é tocado.






Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.