Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa: Dobra o Sino

DSousa, 21.02.08


Dobra o sino...






Dobra o sino a finados, dia e noite e mês
Num toque de plangência dolorida e atroz.
E ouço e vejo nele o eco duma voz
Que é nossa, meus irmãos, é minha e de vocês;


Dos que se foram ontem, tão longe de nós
De quantos vão agora ou amanhã talvez,
aquele toque triste a soma toda fez
e na saudade amarga da minha alma pôs.


E eu conto as badaladas em milénios de anos
eternizados lá mas sem conter enganos
que as contas deste dia aqui possam levar...


Dobra o sino a finados, mortos em colheita:
à esquerda os sem memória, eleitos à direita.
E eu em qual dos lados me hei-de encontrar?



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.