Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa: São Versos de Pentecostes (III)

DSousa, 09.04.08








É verdade
que no meio deles, Maria
era alento
era alegria.
Mas o tormento
daquela ausência pesada
Não lhes dava porto a nada.




Quem amansaria o vento
nas águas bravas do lago?
Quem multiplicaria o pão?
Quem chamaria Pedro e Tiago,
E segredos a João
Havia de contar também?

É certo que a consolação
ficava bem prometida,
E Maria era a mãe,
Por quem suspirava a vida...



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.