Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa: Devaneio (I)

DSousa, 13.06.08

 

 


Atenção: mais duas páginas de poesia no padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 

 

 

 

 

 

Devaneio (I)

 

 

 

No claustro da saudade estou sonhando...
 

 

 

Sonha minh'alma
Que o sonho é vida...
A noite é calma,

Sonhar convida!

 

 

No claustro há botaréus
De ideais erguidos para os céus.
E há fantasias de arcos que o luar beijando
Bordou de prata...
 

 

Sonha minh' alma
Que o sonho é vida...


O sonho
É passageiro como a aragem leve,
Eu sei...(E é quase sempre mentiroso!...)

Por mais que dure, é sempre muito breve.
Mas sonhar, é tão gostoso!


Sonha minh'alma
Que o sonho é vida

 

 


 

 

Nota: Atenção a mais duas páginas de poesia no  padrecoelho.googlepages.com/

 

 


 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.