Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa : Encontro (III)

DSousa, 10.09.08

 

 

 


Atenção: Mais duas novas páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/
 

 


 

 


 


 

 

 

E o pergaminho verde, açoriano

Livro de nove páginas de luz

Ficou a ser o livro de horas
Aonde reza a heroicidade lusa:
Amor de Deus, Terceira de Jesus
Amor de mãe, Maria! As nove unidas!

 

 

 

 

 

"Não há mistério que se não desvende
Para além do mar"...
E quem sonhar
terá nas suas mãos, um dia, a vida
Envolta num olhar
De além dos céus...

 

 

 

 

Verdade! Verdade!
Agora escuta Infante, o eco dos teus sonhos:
No mar azul já não há mistérios,
E o olhar de além dos céus
Pousou na terra tua e nossa.
Fátima! Cova da Iria!
E Açores são Portugal
Terra de Santa Maria!

 

 

 


Atenção: Mais duas novas páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/