Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa : Descrição

DSousa, 24.09.08

 

 

 


Atenção: Mais duas novas páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/
 

 


 

 


 

 

 

 

 

Aquele tronco velho e triste e carcomido

Sou eu que me debruço além do mar.

Que não me digam nada .

E deixem-me sonhar

Se o pranto dos meus olhos chora de luar
Em meio dia aberto!

Não me digam nada.

Não matem o silêncio
Do meu deserto,
Mas deixem-me ficar assim parada
A alma...

Que aquele tronco velho e triste e carcomido
Há-de ser palma...
E eu não tenho mais nada para vos dar...

 

S. Jorge - Calheta - 26-VIII-955

 


Atenção: Mais duas novas páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/