Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

´Coelho de Sousa: As tuas juras...

DSousa, 26.01.09

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

 

 

As tuas juras de amor...
Quem pode acreditar nelas?
São como um céu cheio de nuvens
Para ocultar as estrelas.


Pessoa que tanto minta,

Nunca encontrei, nunca vi!
Já tantas vezes mentiste
Que ninguém fica por ti...

Se por cada vez que mentes
Um cabelo te caisse
Estavas todo careca,

Podes crer, não é tolice!

 

Vê se podes algum dia
dizer alguma verdade...

 Pode ser que te acreditem
Pelo menos em metade!

 

 

Embora tu fosses santo
a dizer sempre a verdade...
Nem sequer eu te acredito

Na metade da metade.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.