Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007

Coelho de Sousa: O Bom Pastor (VII)



O Bom Pastor






Meu ouvinte açoriano!

Sabes de cor
a história do Bom Pastor.



Ele é Jesus, Rei da vida...
E sabes que  és do rebanho
Uma ovelha de eleição?
Que só pode ter guarida
em seu doce coração
Aprisco do amor divino!




Perdoa que eu te pergunte:
foste ovelha sempre fiel,
ou, quem sabe, desgarraste?
Queima-te a boca esse fel
Que nos fica de fugir...





Foste dócil cordeirinho
Ao governo dum cajado
Que é amor e só... amor!
Ou, porventura, sózinho
Morreste pelo pecado
Longe de Nosso Senhor!
Tags: ,
publicado por DSousa às 00:00
linque da entrada | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007

Coelho de Sousa: O Bom Pastor (VI)

 

 

O Bom Pastor

 

 

 

 

 

O amor que tem ao Pai,
O amor que o Pai lhe tem,
Esse amor guarda o rebanho,
Que a redimir ele vem!

 

 

 

 

Um amor universal,
O seu amor infinito,
Faz do mundo um só redil
Da humanidade um rebanho,
Sob a guarda divinal
Dum só pastor que é Jesus!

 

 

 

Outras ovelhas eu tenho
Mas todas um só rebanho
hão-de ser, sob o cuidado
Dum só pastor que sou eu...

 

 

E foi este... este o mandato...
De meu Pai que está no céu:

 

Ser Pastor...
Por amor!

Tags: ,
publicado por DSousa às 00:00
linque da entrada | comentar | favorito
Sábado, 13 de Janeiro de 2007

Coelho de Sousa: O Bom Pastor (V)

 

O Bom Pastor

 

Os cordeirinhos e ovelhas...


Eu sou o Bom Pastor...

E a vida darei por elas.

Haverá maior amor
Por debaixo das estrelas?

 

Lembremos isto:

Quem pensou antes de Cristo
ser do amor a equação
dar-se a vida pela vida!

 

Foi só Cristo, o Bom Pastor...

Tags: ,
publicado por DSousa às 00:00
linque da entrada | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2007

Coelho de Sousa: O Bom Pastor (IV)

 

 

Bom Pastor

 

 

Bom Pastor!
Canto de amor,
A parábola do mestre...

 

Não fora a luz duma luz
Pela boca de Jesus!

 

Era a vida que viera,
Remoçando em primavera,
Quantos segui-lo quisessem.
Ele é pastor e é porta,
para o aprisco da glória,
da salvação encontrada!

 

E só por Ele a vitória
Pois sem Ele é nada...nada!

 

 

 

 

 

Tags: ,
publicado por DSousa às 00:00
linque da entrada | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007

Coelho de Sousa: O Bom Pastor (III)


O Bom Pastor









O bom pastor e o rebanho,
Pedras de aprisco e serões,
Noites de frio e de vento,
Não venham lobos, ladrões!




Bem fechadinha e guardada
Cada ovelha e seu cordeiro!
Que venha a morte de ronda
O pastor será primeiro!





Não há moeda que pague
O carinho do pastor.
Ele as farta, ele as conhece
Ele lhes têm amor!




Mercenários sem ter alma,
Cuida de ti mais ninguém!
Se o lobo chega ele foge.
Deixa o rebanho a quem vem!






Tags: ,
publicado por DSousa às 00:00
linque da entrada | comentar | favorito
Domingo, 7 de Janeiro de 2007

Coelho de Sousa: O Bom Pastor (II)


O Bom Pastor








Vede além que já chegaram
Outros pastores também...
Só teus passos nos tardaram
Pelos caminhos de além!




Eh! Catita! passa adiante!
E tu, "formosa", caminha...
Anda mais a minha "brilhante"
Que senão, ficas sózinha !....



Uma, duas.../ vinte.../e cem.../
Noventa e nove, uma falta...
Ficou nas bermas de além,
Vou buscá-la, noite alta!
Tags: ,
publicado por DSousa às 00:00
linque da entrada | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Janeiro de 2007

Coelho de Sousa: O Bom Pastor (I)



      O Bom Pastor







O amor da poesia
e a poesia do amor
Quero que sejam a letra
Para a história deste dia
Na história do Bom Pastor...




Ovelha branca de neve
Corre depressa ao curral...
Que a noite chega-se em breve
E nas trevas anda o mal!



Vamos, Bonita, depressa!
Deixa as ervas do caminho.
Não há grão que te mereça.
Ciosa do cordeirinho!




Tags: ,
publicado por DSousa às 00:00
linque da entrada | comentar | favorito

.

.

.Pesquisar neste blogue

 

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.Últimas Entradas

. Seis horas antes

. SOBRE A BREVIDADE DA VID...

. Horas antes

. Da cor do gira-sol

. ...

. Logo

. Como a luz...

. Alamo Oliveira: Coelho de...

. O testemunho de Álamo Oli...

. Sacerdote

.Arquivos

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.Tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds