Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008

Coelho de Sousa: Claustros

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 




 

S. Gonçalo, azulejos
S. Francisco, um primor
Claustros de amor, num beijo

 

 

Claustros de luz sumida

Onde a história encontrou
Todo o tempo e  a vida

A alma de outras eras

Anda por estes claustros
Na luz das Primaveras

 

Aqui, Madre Saudade
Reza Laudes de Glória
Por Angra, Irmâ cidade.

 

29 - VI - 956

Tags:
publicado por DSousa às 20:21
linque da entrada | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2008

Coelho de Sousa: Traição

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 




 

Sorriram
E disseram: queremos teu caminho
aureolado de flores
E que as pedras sejam sois
debaixo dos teus passos.

 

Depois,

Depois riram
de verdadeiro escárneo, e os meus espaços
morreram de dores

 

E eu na escuridão
Sozinho

 

 

É por isso que grito : Traição

 

Tags:
publicado por DSousa às 00:36
linque da entrada | comentar | favorito
Sábado, 13 de Dezembro de 2008

Coelho de Sousa :Reportagem

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 




 

 

Grilos, cantam lá fora a melopeia eterna

Do vosso gri gri
ao luar.

Aqui
Monotonia suprema
dum relógio
Com tensão altíssima

no andar.

 

 

 

E a luz amarela
a bater de chapa
fazendo ao lápis e aos dedos
O arabesco

dos meus segredos
de aguarela.

 

Um calendário parado

Ficou em Maio;
Num boneco arreganhado
Para uma rosa em desmaio
 

 

Há livros e postais
Dispersos sobre a mesa

Há dois sobrinhos vindo
e um terceiro que reza

 

Lá fora um mar de grilos
Grigri, grigri
Aqui,
Os trilos
da minha ilha encantadada
onde eu vou
E tudo o que é meu,
É meu
E eu sou. Sou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por DSousa às 00:09
linque da entrada | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

Coelho de Sousa : Indício

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 




 

 

 

Nas minhas mãos tenho um dia

mistérios nevoeiro, só.
Julguei meu ser à revelia
E sou quanto não era, em pó

 

Ser águia e muito mais o céu
O sonho é todo o meu não ser
Ficar além do que morreu
Vivendo a ânsia de vivert

 

Traçar nos meus caminhos, cruzes
De agulha ao norte, o meu indício,
Fazer do sol arcos de luzes
Pautas sanguíneas dum cilício

 

Ficar eternamente à espera
- A porta aberta, já fechada

e ter somente a Primavera

Que se não tem. E... mais nada

Tags:
publicado por DSousa às 00:25
linque da entrada | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Dezembro de 2008

Coelho de Sousa : Debruça-te

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 


 

 

Debruça-te ao mistério
E vê que o sonho é já sonhado.
Evola-se o perfume alvo e sidério
E em lume e glória é coroado.

 

 

O mundo não ficou de ausência triste
Que ainda mais presente se tornou
O bem é sempre bem, se existe

E o amor não se acabou.

 

 

Ainda e sempre - ainda
A terra se contenta de sabê-la:
Rainha e Mãe. Salvé Rainha,
Esposa a Filha e pulcra estrela

 

 

De boca em boca, à voz do papa entoa

O canto triunfal que já não finda
Aqui, Senhora, a coroa
Do mundo e ceu tu és Rainha.

publicado por DSousa às 00:49
linque da entrada | comentar | favorito
Domingo, 7 de Dezembro de 2008

Coelho de Sousa :Distância vencida

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 


 

Distância vencida, unida

 

 

 

Eu venho da distância que só Ele mediu
E vou para a distância que só Ele atinge

 E Ele não é eu, embora a fonte o rio
E a sombra não exista sem sol e esfinge

 

 

Eu vejo o meu caminho e sangue em que se tinge
O passo da minha alma, ideal que a definiu
Distingo o fruto bom e...o mau que me restringe
Em caloria eterna e não morrrer de frio

 

Anseio possuir sem confusão vital
E a vida ao meu encontro surge triunfal
No abraço da distância que só Ele mediu

 

 

E dá-me o Pão e o Vinho num mistério puro

E ficam-me o passado e mais o meu futuro
Unidos na distância que só Ele uniu

 

 

27-V-956

publicado por DSousa às 00:45
linque da entrada | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

Coelho de Sousa: Melopeia

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 


 

 


 


 

 


 



 

 

 

 

 

 

Menina Pequena
Que já faleceu
Menina morena
Voou para o ceu

 

 

Menina bonita
Vai no seu caixão

Vestida de chita
E palma na mão

 

Menina de sorte

Assim se dizia
Menina da morte
Jaz na cova fria

Menina, que pena!
Porque nos fugiste?
Menina morena
Que já não existe

Tags:
publicado por DSousa às 00:29
linque da entrada | comentar | favorito

.

.

.Pesquisar neste blogue

 

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.Últimas Entradas

. Seis horas antes

. SOBRE A BREVIDADE DA VID...

. Horas antes

. Da cor do gira-sol

. ...

. Logo

. Como a luz...

. Alamo Oliveira: Coelho de...

. O testemunho de Álamo Oli...

. Sacerdote

.Arquivos

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.Tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds