Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Padre Coelho: Segredo

DSousa, 04.03.13

 

 

 

 

                        Segredo

 

Estrangulada nos lábios

A palavra já morreu...

Fica a ideia para os sábios

Se o cadáver não for eu.

 

É que o silêncio é de oiro,

Bem o sinto. E depois há-de

Aparecer o tesoiro

Com riquezas de verdade

 

Não venham bater-me à porta

A pedir palavra dita.

Que a palavra já está morta

E nunca mais ressuscita.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.