Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

"Boa Nova": O Estandarte

DSousa, 22.09.05


Entrai, entrai pelas portas, abri o caminho ao povo, aplanai, aplanai a estrada, retirai dela as pedras, levantai um estandarte para os povos. Is. 62, 12 .


O amado gera o Amor e a luz material gera a luz inacessível: este é o que chamam filho de José e é também o meu Unigénito, segundo a essência divina. S.to Hípólito


Deus fez-nos imortais.


 Pela água do Baptismo tornou-nos incorruptíveis.


Insuflou em nós o seu Espírito.


Como é que há Cristãos que conseguem viver, esquecendo ou ignorando toda esta divinação misteriosa mas real do homem?


Que fazem do nosso estandarte?


Coelho de Sousa

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.