Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

"Migalhas":A responsabilidade colectiva

DSousa, 21.08.05


Há muita gente que se diz cristã mas não quer aceitar uma realidade que enegreceu a história da humanidade ou seja o pecado, cujo preço é a morte.


 Inclusive a do libertador, exactamente para nos conseguir a salvação plena, eficaz.


A libertação total da escravidão do mal.


Agora só se perde quem abusar da sua liberdade, a maior riqueza que define o próprio homem.


Só que já ninguém pode pensar apenas no pecado individual.


Todos temos que ter consciência do pecado colectivo.


Porque hoje o homem não quer nem pode ser sub-homem, nem tão pouco super-homem.


São dois extremos perigosos, desumanos.


Mas o homem livre e solidário, todos querem sê-lo.


Mas, em pecado colectivo, ninguém é individualmente livre.


Nem colectivamente.