Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

"Migalhas":A paz irmã da justiça

DSousa, 21.08.05


O Sínodo dos Bispos realizado em 1971, em documento universal da Igreja fala-nos abertamente da «situação de injustiça e opressão» uma vez que o mundo está hoje nitidamente marcado pelo grande pecado da injustiça».


Num dos dias Mundiais da Paz, afirmava-se pela voz do Papa.


«Se queres a Paz, faz a Justiça».


Ora é precisamente o verdadeiro sentido de Justiça que falta muitas vezes na vida dos próprios cristãos a todos os níveis pessoais e comunitários.


Assim como a sociedade perfeita não se faz desprezando a sua célula básica que é a família, justamente respeitada.


Assim, a própria Igreja que é, basicamente, a família ampliada com justiça a todo o imundo.


É a catolicidade da justiça, irmã do amor, que fará a verdadeira paz cristã ideal para todo o mundo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.