Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

"Migalhas": Felicidade e infelicidades

DSousa, 29.05.05

tocadora.jpg

 


Dizem que é impossível encontrar alguém, por mais feliz que pareça ser ou viver, que, na sua existência, não tenha sofrido algum desgosto.


Às vezes, parece que não é preciso ter-se vivido muitos anos, para que os desgostos já tenham enegrecido os horizontes dessa vida ainda jovem.


 Há mesmo jovens, que estão marcados por desgostos familiares, escolares, sociais.


Pensemos, por exemplo, em quantos filhos estarão sofrendo desgostos profundos com as desavenças dos pais, que tocam as raias desastrosas do divórcio?


Sobretudo às crianças e adolescentes que vivem um período da vida tão carecido de compreensão paternal.


Até há filhos que estão profundamente marcados pelo desentendimento dos pais que muito cedo começaram a enegrecer o seu horizonte familiar e filial.


E o pior é quando apesar de não se entenderem nunca, jamais tiveram forças de se separarem e vivem uma desunião total e tormentosa.


Os filhos são as vítimas inconsoladas. Às vezes atingem o desespero. 


 É urgente a conversão destes pais.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.