Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

"Na Rota da Emigração Amiga": Coelho de Sousa resolve escrever sobre a viagem

DSousa, 05.03.05

cladonia5.JPG

"Vou, então, fazer por escrito, algumas crónicas do que vi e ouvi. Do que observei e reflecti.


Nem tudo virá a lume. É que nem tudo cabe neste papel. Nem tudo interessaria aos leitores. Nem de cá nem de lá. Seria prelenga  alongada e escusável.


Portanto algumas pinceladas de boa cor e melhor certeza. Isso sim. E acima de tudo, uma prova do respeito que me merecem os nossos emigrantes. E mais ainda aqueles que, de perto, e com altíssima generosidade me acolheram e levaram por milhas sem fim, num abraço acolhedor e generoso que jamais olvidarei.


Oxalá ficassem estas crónicas, à maneira daquelas que o inesquecível P.e Simões da Ribeirinha acusava aqui neste jornal nas suas idas e vindas por essas terras de Deus. Ou melhor ainda, que elas fossem como foram as do P.e Xavier Madruga que deixou escrito tudo quanto viu e ouviu por terras da Europa, em páginas de oiro descritivo que lembro e venero.


Eu serei mais simples e mais rápido. Que o espaço e o tempo, e sobretudo, a paciência dos leitores não aguentariam quanto me ficou marcado no espírito e no coração."

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.