Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Como a luz...

DSousa, 06.02.14

 

 

Como a luz duma candeia

Se mirrou a tua vida...

Fica às escuras a ideia

De não seres repetida...

 

Hora infeliz, hora horrenda

de partires, despedida

Não tenho forças que prenda

E segure a tua vida.

 

A tua voz num gemido

Ecoa dentro de mim

Como eco definido

duma ausência sem ter fim

 

Ah Manuel, Manuel!
Era uma saudade tão forte.

O teu beijo, puro mel

Foi o encontro da morte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.