Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa: Natal- A noite e o dia (V)

DSousa, 09.01.08



(V)






O norte a que me atrevo e me desvelo
És tu e mais ninguém. Só quero é ver-
Te e possuir-te agora e sempre. Anelo
Encontro e posse eternos que o meu ser

Da noite faça dia e sagre o elo
Que identifique. O lume esclarecer
virá a fome e sede ao teu apelo.
E logo após será sumo o prazer.

E ter-me-ei de todo em tua face
(orante a união em que me enlace)
Embora intransponível singular.


Que fuja a noite a gora e venha o di-
a a que me prenda eterno para ti.
A vida só é vida para amar.