Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Coelho de Sousa: Impossível

DSousa, 18.10.08

 

 

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/
 

 


 

 


 


 

 

 

Vieram-me pedir a sombra dum poema
Que em tempos eu perdi na berma dum caminho.



Mas como posso dar aquilo que perdi
Ou que, talvez melhor, eu nunca possui?

 

 

Somar à unidade um mais, não é problema
Que abarque o coração e a alma num espinho...

 

 

 

Mas só o que é perdido ou não se teve, é triste,

É impossível dar o que já não existe.

 

 

S. Rafael 28-I-956

 


Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/