Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

ÁLAMO ESGUIO

Tributo à memória e à obra religiosa, artística e cultural do P.e Manuel Coelho de Sousa (1924-1995), figura cimeira da Igreja e cultura açoriana do século XX, como padre, jornalista, poeta, professor, orador, escritor,dramaturgo e animador cultural

Padre Coelho: Àgua

DSousa, 24.02.13

 

Atenção: Mais páginas de poesia no
padrecoelho.googlepages.com/

 

 

 

                                      Água

 

 

Sentado à beira do poço

Do meu poço de jacob

É ati que vejo e ouço

à espera de mim só.

 

E Verbo dá-me cativa

Toda a alma exausta e lassa.

Quero beber água- viva

Que mata a sede e não passa.

 

E depois toda a cidade 

Irá comigo beber

Á gua do poço é que há-de
Restaurar minha ansia de ser.